Fique conectado ao blog através do seu e-mail... =)

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Falta pouco...

Você Me Encantou Demais

Natiruts

Você me encantou demais
Mostrou seu coração do que ele é capaz
Por isso eu quero te dizer
Que a flor dessa canção sempre será você
Seu beijo despertou paixão
Desculpe se me apressei, pois nada foi em vão
O que eu desejo a você
É que os deuses do amor estejam a te proteger
E que o verão no seu sorriso nunca acabe
E aquele medo de viver um dia se torne um grande amor
Vou te falar, mas acho que você já sabe
Você apaixonou, alucinou, descompassou, meu coração
Meu coração
Você me fez sonhar demais
Chegou, sorriu, beijou, mostrou como se faz
Por isso eu quero te falar
Que os As dessa canção eu fiz só pra te dar
Seu jeito lindo fez arder
Fiquei feito vulcão fervendo por te ver
O que eu desejo a você
É que os deuses do amor estejam a te proteger
E que o verão no seu sorriso nunca acabe
E aquele medo de viver um dia se torne um grande amor
Vou te falar, mas acho que você já sabe
Você apaixonou, alucinou, descompassou, meu coração
Meu coração

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Café com leite


 
 
 
Bom dia

 

O meu blog não estava abandonado, andava apenas desabitado, esperando algo novo.

Tem sido tempo de muitas emoções, umas boas, outras ruins, mas são muitas emoções, como diria o rei...

Escutei uma frase parecida com o que vou dizer, uma frase curta, mas com bastante profundidade e significado, aí vai ela:

-Quando rotulamos as pessoas, esquecemos de olhar as pessoas por trás dos rótulos. Como elas realmente são, boas ou ruins.

Estou sentada , vestindo pijamas,  tomando uma caneca gigante de café com leite e vendo o DVD da Shakira, essa realmente sou eu.  Óbvio que minha essência não se resume a isso, mas é um bom quadro de mim. Não pela imagem formada, mas justamente porque é nesses momentos que fluem as idéias mais sensatas que tenho.

Desde pequenos aprendemos a dar rótulos às pessoas. Por exemplo, logo que chegamos ao mundo, já nos dizem, essa é a sua mãe, esse é o seu pai, sua avó, avô, irmãozinho, tia, tio e por aí vai.

Com os anos aprendemos o significado de outros rótulos: amiga, amigo, namorado, namorada, marido, esposa, chefe, colega, professor,  é uma lista sem fim.

Mas eis que surge o questionamento, quantas vezes paramos para enxergar a pessoa que existe por trás do rótulo? A pessoa, pura e original.

Poucas...

E o problema começa aí!

Porque começamos a criar expectativa em cima dessas pessoas e do que elas significam para a gente. Formamos uma imagem, que na maioria das vezes, não é a real. E não estou dizendo quem está certo ou errado, não é esse meu foco, estou simplesmente investigando como funciona a minha cabeça e talvez a sua, que também lê este texto.

Não sei se ouvi de alguém ou se foi um pensamente que veio a minha cabeça alguma vez, mas lembro de um conselho que diz para não esperarmos muitas coisas de ninguém, assim teremos menos chance de nos decepcionar e teremos mais chances de nos surpreender.

Mas como é difícil fazer isso...

Estou começando a pensar em pedir perdão a algumas pessoas que rotulei ou prejudiquei, indiretamente ou diretamente. Acho que esse sentimento pode ter a ver com o espírito de Natal.

Mas voltando ao assunto de emoções, acho que elas andam demais, tenho saudade de um tempo de mais tranquilidade e equilíbrio emocional, se é que ele existiu... é... não sei se existiu ou foi eu que rotulei alguma coisa mais uma vez. Mas já me senti mais rotineira em outros tempos. Eu gosto de rotina. Ela quer dizer que as coisas andam mais calmas, seguras e previsíveis. Quem me conhece e está lendo deve estar se perguntando: A Vanessa rotineira? Tem sempre mudanças na vida dela! O tempo todo!

Mas posso dizer, que as mudanças as vezes são necessárias para que a nossa rotina preferida continuar.

 

Nunca usé un antifaz
Voy de paso
Por este mundo fugaz

No pretengo parar
¿Dime quién camina
Cuando se puede volar?

Mi destino es andar
Mis recuerdos
Son una estela en el mar

Lo que tengo, lo doy
Digo lo que pienso

(Gitana, Shakira)

terça-feira, 4 de setembro de 2012

No dejes convencer...

 

 

 

 

 

 

 

 



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Octavo Día

Shakira

El octavo día Diós, después de tanto trabajar
Para liberar tensiones luego ya de revisar
Dijo "todo está muy bien, es hora de descansar"
Y se fué a dar un paseo por el espacio sideral
Quién se iba a imaginar que el mismo Diós al regresar
Iba a encontrarlo todo en un desorden infernal
Y que se iba a convertir en un desempleado más
De la tasa que anualmente está creciendo sin parar
Desde ese entonces hay quienes lo han visto
Sólo en las calles transitar
Anda esperando paciente por alguien
Con quién al menos tranquilo
Pueda conversar
Mientras tanto este mundo gira y gira
Sin poderlo detener
Y aquí abajo unos cuantos nos manejan
Como fichas de ajedrez
No soy la clase de idiota
Que se deja convencer
Pero digo la verdad
Y hasta un ciego lo puede ver
Si a falta de ocupación o de excesiva soledad
Diós no resistiera más y se marchara a otro lugar
Sería nuestra perdición, no habría otro remedio más
Que adorar a Michael Jackson, a Bill Clinton o a Tarzan
Es más difícil ser rey sin corona
Que una persona más normal
Pobre de Diós que no sale en revistas
Que no es modelo ni artista o de familia real
Mientras tanto este mundo gira y gira
Sin poderlo detener
Y aquí abajo unos cuantos nos manejan
Como fichas de ajedrez
No soy la clase de idiota
Que se deja convencer
Pero digo la verdad
Y hasta un ciego lo puede ver


... TEMPO DE ELEIÇÃO... SALVAÇÃO OU PERDIÇÃO...

#foto de quando eu era rebelde... o_0

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Deus me acompanhe!

Reza

Rita Lee

Deus me proteja da sua inveja
Deus me defenda da sua macumba
Deus me salve da sua praga
Deus me ajude da sua raiva
Deus me imunize do seu veneno
Deus me poupe do seu fim
Deus me proteja da sua inveja
Deus me defenda da sua macumba
Deus me salve da sua praga
Deus me ajude da sua raiva
Deus me imunize do seu veneno
Deus me poupe do seu fim
Deus me acompanhe
Deus me ampare
Deus me levante
Deus me dê força
Deus me perdoe por querer
Que Deus me livre e guarde de você
Deus me acompanhe
Deus me ampare
Deus me levante
Deus me dê força
Deus me perdoe por querer
Que Deus me livre e guarde de você
Deus me perdoe por querer
Que Deus me livre e guarde de você
Deus me livre e guarde de você
Deus me livre e guarde de você

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Punk

Last night she said
Oh, Baby, I feel so down
Oh, and turned me off
When I feel left out
So I, I turned around
Oh, baby, I don't care no more
I know this for sure
I'm walking out that door
Well, I've been in town
For just about fifteen whole minutes now
Oh, Baby, I feel so down
And I don't know why
I keep walking for miles
But the people they don't understand
No, girlfriends, they can't understand
Your grandsons, they won't understand
On top of this I ain't ever gonna understand
Last night she said
Oh, Baby, don't feel so down
Oh, and turned me off
When I feel left out
So I, I turned around
Oh, Baby, I'm gonna be alright
It was a great big lie
'Cus I left that night, yeah
Oh, people they don't understand
No, girlfriends, they don't understand
In spaceships, they won't understand
And me, I ain't ever gonna understand
Last night she said
Oh, Baby, I feel so down
She had turned me off
When I feel left out
So I, I turned around
Oh, little girl, I don't care no more
I know this for sure
I'm walking out that door, yeah


Então você se acha muito esperto...
Aham...
Conte-me mais sobre onde essa sua esperteza te levou...

domingo, 29 de julho de 2012

FELIZ ANIVERSÁRIO MEU AMOR

Tu

Shakira

Te regalo mi cintura
Y mis labios para cuando quieras besar
Te regalo mi locura
Y las pocas neuronas que quedan ya
Mis zapatos detenidos
El diario en el que escribo
Te doy hasta mis suspiros
Pero no te vayas más
Porque eres tú mi sol
La fé con que vivo
La potencia de mi voz
Los pies con que camino
Eres tú, amor, mis ganas de reír
El adiós que no sabré decir
Porque nunca podré vivir sin ti
Si algún día decidieras
Alejarte nuevamente de aquí
Cerraría cada puerta
Para que nunca pudieras salir
Te regalo mis silencios
Te regalo mi nariz
Yo te doy hasta mis huesos
Pero quédate aquí
Porque eres tú mi sol
La fé con que vivo
La potencia de mi voz
Los pies con que camino
Eres tú, amor, mis ganas de reír
El adiós que no sabré decir
Porque nunca podré vivir sin ti

sexta-feira, 27 de julho de 2012

O lado obscuro de algumas lojas de roupas...

ESCRAVOS DA MODA

De:  Flávio Costa

CONTRASTE

Confecção em Americana SP: trabalhadores amontoados em meio à sujeira em um espaço sem ventilação tinham jornadas sem descanso

A trajetória ascendente da grife espanhola Zara levou seu fundador, Amancio Ortega, ao posto de sétimo homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 31 bilhões. O frisson provocado pela entrada no mercado brasileiro, em 1999, transformou a marca em item obrigatório no closet das consumidoras de classe média. Mas uma mancha surgiu em meio à tamanha opulência. Na semana passada, fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) descobriram um esquema de utilização de mão de obra escrava em três fábricas de fornecedoras da Zara, em São Paulo, nas quais 68 trabalhadores recebiam poucos centavos por peça produzida em condições subumanas.

O caso rapidamente tornou-se o assunto principal nas redes sociais e um dos tópicos mais comentados do Twitter. Críticas severas, avisos de boicotes e piadinhas como "o diabo veste Zara" se reproduziram de maneira viral. Tragada pelo escândalo, a controladora do grupo, a Inditex, que faturou US$ 15,8 bilhões em 2010, emitiu nota eximindo-se de culpa: "Ao ter conhecimento dos fatos, a Inditex exigiu que o fornecedor responsável pela terceirização não autorizada regularizasse a situação imediatamente. O fornecedor assumiu totalmente as compensações econômicas dos trabalhadores tal como estabelece a lei brasileira e o Código de Conduta Inditex." A empresa disse estar disposta a colaborar com as autoridades brasileiras.

Mas Zara terá que fazer muito mais para limpar sua reputação, da mesma forma que outras multinacionais do ramo da confecção, envolvidas em exploração de trabalhadores em condições degradantes. "É uma crise de caráter. Os consumidores identificam a empresa com desonestidade, com má-fé. O primeiro erro já foi cometido após a crise: transferir a culpa para fornecedoras", afirma José Eduardo Prestes, consultor há 12 anos em gestão de crise e professor de pós-graduação da Escola Superior de Propaganda e Marketing. "A proporção que o escândalo atingiu exige que a liderança mundial da empresa, Amancio Ortega, se posicione publicamente." Segundo Prestes, a empresa deveria mostrar que medidas foram tomadas para sanar o problema.

Palavras não deverão ser suficientes para impedir que os responsáveis pela Zara respondam por ações penais no Brasil, cujo crime de utilização de trabalho escravo está tipificado no Código Penal. A investigação conduzida pelo Ministério Público do Trabalho e pelo MTE começou em maio, na cidade de Americana, interior paulista, onde se descobriu uma oficina com 52 funcionários (46 bolivianos, cinco brasileiros e um chileno) trabalhando em péssimas condições e com remuneração mínima. Metade da produção da fábrica, que foi fechada na época, era destinada à grife espanhola. O resto, segundo a procuradoria, era das marcas Ecko, Gregory, Billabong, Brooksfield, Cobra d’Água e Tyrol, que serão instadas a regularizar a situação. A apuração levou ao descortinamento de toda uma cadeia produtiva, na qual os direitos mais básicos do trabalhador eram desrespeitados. Tornou-se comum, no Brasil, aliciar bolivianos e colocá-los em locais insalubres para a fabricação de vestuário popular. A prática ilegal chegou ao mundo das grifes.

Em duas oficinas, 16 bolivianos amontoavam-se em um espaço exíguo entre enormes volumes de peças, em meio à sujeira, falta de ventilação e com fiação elétrica exposta.

Não havia descanso. A jornada diária era de até 16 horas e a remuneração, irrisória. O dono da oficina recebia apenas R$ 6 por calça jeans fabricada. Deste valor, apenas um terço era dividido para os trabalhadores. Na loja, a mesma peça é vendida por R$ 135, em média. No Brasil, a Zara possui 31 lojas e 50 fornecedores fixos. "Os trabalhadores estavam submetidos a condições análogas à de escravo. A Zara é responsável direta, pois toda a produção era destinada à empresa", afirma Fabíola Junges Zani, procuradora do Trabalho. As multas podem chegar a R$ 1 milhão.

Fonte: COSTA, Flávio. Escravos da moda.
Istoé Independente, São Paulo, 19 ago. 2011.


terça-feira, 3 de julho de 2012

Rebeca feliz aniversário!




Parabéns nessa data tão especial! Você é uma grande amiga! Minha argentina "paraguaia" preferida!!!

Que sua vida seja cheia de felidades!

Beijos!

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Que bons ventos me encontrem

Não peço muito, apenas quero o justo.
Não desejo o mal, quero sempre que tudo se resolva da melhor maneira possível.
Obrigada pelo meu trabalho, pela minha saúde, por poder pensar e falar.
Obrigada pela minha família e meus amigos, ilumine seus caminhos.
Sempre esteve ao meu lado, acredito que continua da mesma forma.
És a energia e força mais forte e positiva do universo
Cheio de amor e bondade.

Acredito em Ti, Senhor Deus. Não me importa que forma tenha, mas eu sei que existe e esta comigo!


quarta-feira, 20 de junho de 2012

Ô menina, parece índia Yanomami seu cabelo preto breu
Simula um toque, que desabroche
Esse teu casto mastigado pelo meu
Se quer tamanho vou despir a alma
E afogar a calma salivando um beijo teu
Siga a seta e diga que sou seu
Ô menina, parece índia Ianomami seu cabelo preto breu
Simula um toque, que desabroche
Esse teu casto mastigado pelo meu
Se quer tamanho vou despir a alma
E afogar a calma salivando um beijo teu
Siga a seta e diga que sou seu
Venha sem chão me ensina a solidão de ser só dois
Depois te levo pra casa
Que o teu laranja é que me faz ficar bem mais
Ô menina, parece índia Ianomami seu cabelo preto breu
Simula um toque, que desabroche
Esse teu casto mastigado pelo meu
Se quer tamanho vou despir a alma
E afogar a calma salivando um beijo teu
Siga a seta e diga que sou seu
Venha sem chão me ensina a solidão de ser só dois
Depois te levo pra casa
Que o teu laranja é que me faz ficar bem mais
Se quer tamanho vou te despir a alma
E afogar a calma salivando um beijo teu
Siga a seta e diga que sou seu
Se quer tamanho vou te despir a alma
E afogar a calma salivando um beijo teu
Siga a seta e diga que sou seu
Siga a seta e diga que sou seu
Siga a seta e diga que sou seu
Laranja
(Maria Gadú)

sábado, 9 de junho de 2012

Lounge

Maria Gadú

Vamos prum lounge
Beber um vinho safra ruim
E conversar sobre a tv
Vamos pra longe
Sem se tocar os olhos vão
Se encontrar e se perder

  Eu e você assim de perto dá
Pra eu me perder de vez nas tuas tintas
Me dê uma noite, um pouco da manhã
Só pra eu sacar se os olhos mudam de cor
Vamos entrar
A minha casa não é quente
Trago um vermelho pra esquentar
Vamos suar
Com o veneno da serpente
Que eu roubei pra te picar

Eu e você assim de perto dá
Pra eu me perder de vez nas tuas tintas
Me dê uma noite, um pouco da manhã
Só pra eu sacar se os olhos mudam de cor
Vamos prum lounge..

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Amor é mais que palavras

Sentir-se amado

O cara diz que te ama, então tá. Ele te ama.
Sua mulher diz que te ama, então assunto encerrado.
Você sabe que é amado porque lhe disseram isso, as três palavrinhas mágicas. Mas saber-se amado é uma coisa, sentir-se amado é outra, uma diferença de milhas, um espaço enorme para a angústia instalar-se.
...
A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e verbalização, apesar de não sonharmos com outra coisa: se o cara beija, transa e diz que me ama, tenha a santa paciência, vou querer que ele faça pacto de sangue também?

Pactos. Acho que é isso. Não de sangue nem de nada que se possa ver e tocar. É um pacto silencioso que tem a força de manter as coisas enraizadas, um pacto de eternidade, mesmo que o destino um dia venha a dividir o caminho dos dois.

Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que sugere caminhos para melhorar, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. "Não seja tão severa consigo mesma, relaxe um pouco. Vou te trazer um cálice de vinho".

Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas que você contou dois anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com seu pai, é ver como ela fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d´água. "Lembra que quando eu passei por isso você disse que eu estava dramatizando? Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. Vem aqui, tira este sapato."

Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão. Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente bem-vindo, que se sente inteiro. Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, que tudo pode ser dito e compreendido. Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo. Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta.

Agora sente-se e escute: eu te amo não diz tudo.

Martha Medeiros